Da autoria de Isabel Maria Fernandes, Momentos. Esculturas de Paulo Neves aborda a obra exposta pelo escultor no claustro do Museu de Alberto Sampaio.

Na escultura de Paulo Neves o círculo e a espiral têm densidade, esquinas vivas, volume. As linhas do círculo e da espiral são em forma de cunha, têm rugosidade, têm forma, apetece senti-las com as mãos, percorrer os seus interstícios, apetece afagá-las, sentir a frieza da pedra ou a quentura da madeira.

Mais sobre o livro no Instituto dos Museus e da Conservação.